Investigadores cultivam células do coração humano em folhas de espinafres

Investigadores do Instituto Politécnico de Worcester, Inglaterra, foram capazes de cultivar células vivas do coração humano em folhas de espinafres.

Cientistas do Centro Champalimaud identificaram circuitos de neurónios no cérebro de ratinhos que modulam a estimativa do tempo decorrido, ajudando a compreender a motivo pelo qual o tempo parece passar mais depressa em situações divertidas e “ficar parado” em momentos aborrecidos.

IST_A_RGB_POS
tec1
logo
ordem-engenheiros